“Apenas os pequenos segredos precisam ser guardados, os grandes ninguém acredita” (H. Marshall)

APRESENTAÇÃO ........ HOME......... INICIAL...... .....EDITORA............VIDEOS.......... GRUPOS ...... . GLOSSÁRIO

sexta-feira, 11 de junho de 2010

A entrada no Caminho


E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. (João, 8, 32)

A entrada no Caminho da Verdade, é a única coisa que pode realmente assegurar o começo da nossa imortalidade, inicialmente custodiados pelos Grandes Seres, libertando-nos e nos tornando independentes na medida em que avançamos, até culminar na iluminação.
Aquele que busca sinceramente o caminho da libertação, deve conhecer os passos para atingir os seus objetivos.
Quem não deu os passos necessários de início, pode estar com a sua evolução obstaculizada, cabendo rever a sua trajetória a fim de corrigir os seus passos.
Para começo de conversa, quem busca verdadeiramente a realização, deve estar ciente que o caminho da espiritualidade é coisa difícil, os desvios são muitos e as ilusões da mesma forma: “(...) largo é o caminho que leva à perdição, e muitos são os que entram por ele. (...) estreito é o caminho que leva para a vida, e poucos são os que acertam com ele" (Mateus, 7: 13-14).” Citemos, então:

- Cabe tomar a posição de deixar de lado o ego, e se assumir como aprendiz, admitindo a necessidade da auto-reeducação, com o apoio de uma escola e de um grupo.
- O verdadeiro batismo que anuncia a entrada na senda, se dá na alma do buscador, e acontece na forma de um chamamento ou uma vocação interna, também denominada de “urgência interior”, pois faz a pessoa destinar o seu tempo a uma busca mais determinada.
- O verdadeiro começo do caminho se dá sob a fé num Avatar, que é o Paradigma de uma Era. Em épocas de transição como a nossa, o Ensinamento do Messias do passado pode parecer não bastar, então podemos aspirar por conhecer os iluminados Ensinamentos do Mensageiro do futuro.
- Não existe escola de iniciação verdadeira, que não esteja dirigida por iniciados, e nem escola de iluminação que não seja orientada por iluminados. É preciso tomar cuidado com as falsas instruções, indulgentes e sedutoras, que apenas fomentam ilusões e retardam o caminho.
- A verdadeira iniciação não é apenas um trabalho subjetivo de consciência, mas um “fato energético” perceptível na vida da pessoa.
- A categoria espiritual do iniciante na escola de Pitágoras eram os akoustikoi, “ouvintes”, onde os noviços ficavam quatro anos em silêncio (tempo mínimo da iniciação do Aprendiz, como bem sabia o Mestre da Tetraktys) para aprender, desenvolver a humildade e a intuição. De outra forma, o instrutor estaria apenas perdendo o seu tempo com pessoas despreparadas para a verdade.
- A disciplina física (ioga, ginástica) é uma base importante, envolvendo o trato da saúde e purificação do organismo (banhos, dietas), sendo de resto uma forma de canalizar as energias de uma forma construtiva.
- A iluminação é a coroação da busca, erigida através de quatro iniciações que organizam e refinam os planos físico, emocional e mental, conduzindo ao intuitivo. E esta é a verdadeira meta da nova evolução humana, já coroando toda a evolução da humanidade na “consumação dos tempos” naquilo que diz respeito a este reino.

Sobre todas estas bases sólidas, não há dúvida de que o buscador poderá trilhar o Caminho com segurança e chegar realmente muito longe.

Da obra "Magia Branca & Teurgia - Oriens et Ocidens", LAWS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário